• Cecilia Leite

Sobre Libra...


E com o equinócio, chega a temporada em que o Sol transita por Libra. Esse signo abre uma estação do ano (aqui no hemisfério Sul a primavera, e no hemisfério norte o outono), e tem portanto a modalidade cardeal. Por aí percebemos que é um signo de movimento, de iniciativa, e que a fama que ele carrega de ser indeciso precisa ser bem compreendida...


A grande motivação de Libra é sentir-se aceito, ser querido... Todas as suas ações serão voltadas nesse sentido. Libra tem sua referência no outro, é através da validação alheia que ele se avalia. Se o outro o enaltece, então ele acha que tem valor. Se o outro não o reconhece, então ele se sente pequeno e excluído.


Tudo isso tem um propósito. Na roda dos signos, a alma tem uma jornada, que começa com o nascimento, a individuação, em Áries. Nesse signo, a intenção precisa ser a independência das colocações alheias, para ele poder imprimir a sua marca individual. Em Áries é necessária a autorreferência, para se encontrar a identidade pessoal. Libra, como signo oposto de Áries, tem seus aprendizados ligados aos relacionamentos, é onde começa-se a enxergar o outro.


Em Libra, iniciam-se os signos ligados ao nosso aprendizado social. Até Virgem estamos numa esfera mais íntima, lidando com temas que dizem respeito ao nosso mundo interno. Com Libra, começam os signos que têm uma atuação mais visível no mundo. Os aprendizados librianos acontecem na interação com o outro. Por isso, para ele é vital estar se relacionando.


Normalmente Libra associa essa sua necessidade de estar com alguém a um relacionamento afetivo, mas não precisa ser assim. Ele precisa de um par para trocar e lhe dar a referência de quem ele é, e isso pode se dar através de várias circunstâncias. Libra quer ser aprovado, e, se ele não tiver consciência disso, pode começar a preferir um grupo bajuladores a uma amizade verdadeira, onde nem sempre só as coisas bonitas ficarão em evidência.


Essa é uma grande questão. Libra é um signo de ar, portanto mental e racional. Não se sente a vontade com vínculos emocionais, como os signos de água. Não é um signo de intensidade e profundidade emocional, nem de sensibilidade exacerbada. Pelo contrário, na maior parte das vezes não gosta de grude e sentimentalismos. Suas relações são muito mais pautadas pelo companheirismo e pelas trocas intelectuais. Para Libra a prioridade é garantir que está sendo aceito, e, como já não gosta de muita emocionalidade, facilmente pode estabelecer relações que apenas assegurem a sua visibilidade, e não necessariamente em que haja um vínculo real. Isso em todas as esferas, não só na afetiva. Libra pode ser aquele que está rodeado de gente se sentindo sozinho.


Na tentativa de ser acolhido, pode facilmente começar a se moldar para se adequar a opinião alheia, e com isso perder a sua identidade somente para agradar o outro. Aqui voltamos ao ponto mencionado lá no início desse artigo... Muitas vezes a falta de posicionamento de um libriano não é indecisão, e sim uma tentativa desesperada de não desagradar ninguém. Ele tem o hábito de colocar suas próprias preferências em segundo plano, para deixar o outro feliz e satisfeito. Não pelo outro... Por ele, que precisa se sentir querido.


O talento para a mediação que tem esse signo, vem de sua constante experiência, em conciliar as necessidades dos outros, com suas próprias demandas internas. Se esse signo está sendo desenvolvido com consciência, e o nativo consegue observar seus próprios limites, e do que ele pode abrir mão sem ferir seus valores, tem-se aí um talento para a diplomacia e para a justiça. Libra consegue perceber com clareza quais as demandas de cada lado da questão, e possui as ferramentas intelectuais para colocar tudo na balança e julgar, sem ser tendencioso.


Esse talento para o equilíbrio se mostra em outras áreas também, como a estética, a decoração, tudo que se refere a beleza. Librianos valorizam a harmonia e tem horror a pessoas feias e mal cuidadas, lugares feios, ambientes desequilibrados em todas as suas formas. Libra gosta de educação, gentileza, palavras doces, detesta gritaria e confusão. E assim o libriano se manifesta, com uma aparência equilibrada e bem cuidada, harmonia e refinamento na vestimenta, cosméticos de qualidade para garantir a sua mais bela expressão. No lado sombrio, isso pode virar uma obsessão, levando a exageros, preocupação excessiva com a aparência, e eventualmente até levar a futilidade. A vaidade libriana também pode se manifestar de formas mais disfarçadas como por exemplo pelas suas ideias ou pelo seu comportamento.


Libra é ainda muito estrategista, sabe avaliar como ninguém qual a melhor conduta a se adotar para conseguir o resultado esperado. Além de estar sempre atento aos outros, observando o que eles estão esperando, qual será seu próximo passo, esse signo possui um raciocínio rápido e agudo, capaz de elaborar em segundos uma estratégia para conduzir a questão. Libra é mental e social, sabe lidar com as pessoas, sabe agradar para conseguir o que quer.


Conviver com um libriano normalmente é muito bom, ele fará de tudo para não te aborrecer, saberá sair de todas as situações complicadas com diplomacia e elegância, tornará o ambiente bonito e equilibrado. Na maior parte das vezes será cordial, de fácil convivência, com uma boa conversa. A grande questão é a que preço ele fará tudo isso... É sempre muito necessário observar se o comportamento do libriano não está tendo um custo alto pra ele, que está negando e reprimindo seus impulsos internos e suas necessidades intrínsecas, apenas para garantir sua fama de boa gente.


A capacidade que Libra tem de efetuar julgamentos imparciais, deve ser prioritariamente voltada para dentro dele mesmo, e seu maior desafio é aprender a conciliar a vontade do outro com sua própria identidade, que em nenhum momento pode ser deixada de lado. Enxergar claramente a real motivação de sua popularidade, e de tudo que se abre mão em nome disso, é fundamental para que Libra estabeleça relacionamentos mais equilibrados, e também mais verdadeiros. De nada adianta o outro amar uma pessoa que no fundo não existe... Fica um vazio na alma... O outro deve amar, aceitar e querer conviver, com a pessoa como ela realmente é, com seus defeitos, suas qualidades, suas questões, que todos nós possuímos.


No corpo, Libra rege a região lombar, e também os rins, que são ligados aos relacionamentos interpessoais, às nossas parcerias, como não poderia deixar de ser... Os rins na medicina tradicional chinesa têm relação com nossos medos inconscientes, o que indica que por baixo de uma abordagem estratégica que esse signo possui, existem questões escondidas. Libra rege ainda a relação ácido / básico no nosso corpo e o balanço hormonal, através das glândulas. É o signo do equilíbrio por natureza.


Lembrando sempre que signo não é pessoa... Estamos aqui tratando do arquétipo puro, que ninguém manifesta, todos possuem um cenário muito individualizado. Cada indivíduo tem um mapa, cheio de particularidades, e portanto nenhum libriano será assim exatamente como descrito... Todos terão suas particularidades.

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo