• Cecilia Leite

Sobre Leão...

E chegamos ao único signo regido pelo Sol, Leão! É inegável a força que esse signo possui, uma vez que dá domicílio ao astro doador da vida aqui na Terra. Em Leão o Sol fica à vontade para expressar todo o seu potencial, e assim temos um signo criativo, consciente, que possui luz própria.


Leão rege, em nosso corpo, as costas, os olhos e o coração, esse órgão que representa em nós a fonte da vida. Cada batida do nosso coração leva para todo o corpo, além da nutrição que ele precisa para sobreviver, a informação do nosso estado vibracional. Cada célula recebe, através desse pulsar, a atualização de quem somos. Assim, Leão está ligado àquilo de mais legítimo em nós, a essência do nosso ser. É um signo onde a autenticidade deve imperar.


O coração é ainda a nossa conexão com o Universo, através do amor. E Leão, em harmonia, é a livre fluência do amor. Ele é, portanto, um signo generoso, carismático, magnético. O brilho do leonino é contagiante, ele chega e ilumina o local. Como o Sol representa a consciência, esse signo por ele regido, é normalmente bastante autoconsciente, tem uma completa percepção de si, sabe da sua importância. Seus valores são firmes, sua personalidade é forte. Já mostram desde cedo que tem opinião e nem pensam em abrir mão dela.


No entanto, em Leão, a referência do indivíduo é ele próprio. E a forma como ele vai se colocar na sociedade dependerá de seu grau de consciência. Assim, o leonino pode ficar encantado com sua própria imagem e poder, tornando-se extremamente autocentrado, narcisista. Ou, quando existe a conexão com um propósito maior, e ele tem a real dimensão do todo, consegue colocar seus dons a serviço dos demais, tornando-se ele próprio uma fonte de luz e generosidade. Como em todos os signos, a maneira como essa energia vai se manifestar depende da consciência de quem a direciona.


Leão é o rei da selva, e é muito conhecedor da sua realeza. Sabe que na floresta cada um tem o seu papel e a ele coube ser o líder, com o ônus desse papel de destaque, às vezes não tão bem compreendido, porque nem sempre tudo são flores. É necessário força e coragem para manter fidelidade aos valores mais nobres, e utilizar suas virtudes para um bem maior. E Leão é corajoso e arrojado para se manter firme e imune às manipulações alheias. Ele é direto, claro, sem rodeios. Mas pode ser excessivamente dramático se achar que não estão lhe dando a devida atenção.


Quando o leonino está em desarmonia, ele utiliza essa sua energia com tirania e autoritarismo, pois não consegue compreender a verdade da vida de que todos têm igual importância. Mesmo desempenhando papéis diferentes, todos somos igualmente necessários e todos possuímos demandas internas que precisam ser respeitadas. Aí vem a soberba leonina, que pode arruinar uma liderança promissora. A prepotência é uma sombra de Leão, nem sempre reconhecida pelos leoninos, que com a maior naturalidade acham sempre que a sua verdade é a única que existe, ou pelo menos a mais importante. Eles precisam exercitar o direcionamento da sua consciência para fora de si, e utilizar todo o conhecimento adquirido a partir disso para ampliar sua percepção de mundo. Assim se tornará um líder mais humano e mais eficiente.


Ao leonino cabe entender que sua verdadeira nobreza vem da autenticidade de simplesmente SER quem É, com seus erros e acertos, defeitos e qualidades, como todos somos. Quando ele sai da necessidade de ser superior, aceita com humildade que é humano como os demais, ele naturalmente se destaca pelo seu brilho especial.


Como escrevi no texto A intenção de cada signo, todos os signos possuem uma motivação interna, que acabam determinando sua forma de ser e de agir. No caso de Leão, essa intenção é a de ser visto. Leoninos precisam se sentir reconhecidos e valorizados, e farão de tudo para chamar a atenção para si. Na maioria das vezes, se ele estiver alinhado com a sua mais genuína energia, ele nada terá que fazer para ser notado. Seu carisma é tamanho que é impossível que os que estejam ao seu redor não se sintam cativados. No entanto, quando não acreditam verdadeiramente em si, a necessidade de se fazerem notados, pode torná-los exibicionistas.


Esse é o signo da mais pura expressão do Eu, onde os talentos devem brotar espontaneamente. Por isso é muito criativo, precisa se expressar, colocar a essência da sua natureza em evidência, para o mundo ver. É, portanto ligado às artes, e também as crianças, que são espontâneas por natureza. É bastante extrovertido, e muito divertido. Ligado aos hobbies e aos prazeres, tudo aquilo que é feito de coração. Na sua melhor forma, ele busca expressar o amor através de si. Em desarmonia pode se tornar dramático querendo chamar a atenção para si de qualquer maneira.


Leão é signo de fogo, se atira em tudo com paixão e entusiasmo, se não for assim nem entra no projeto, ou no relacionamento, ou em nada. É um signo fixo, e é portanto quem mantem a chama acesa, mas pode se fixar em seus próprios propósitos e se tornar intransigente.


Esse é o signo que tem relação com a nossa criança interior, aquela que era espontânea, se expressava naturalmente, ria, se divertia, e que muitas vezes ficou esquecida ou apagada por vários condicionamentos sociais. Onde temos Leão em nosso mapa natal devemos trazer de volta essa criança, resgatar a alegria e o prazer de viver. Para esse setor se desenvolver bem em nossa vida precisamos nos apaixonar pelo que fazemos aí. Por exemplo, quem tem Leão na casa 6 precisa gostar do seu trabalho, da sua rotina, isso será determinante para o sucesso.


No mês em que o Sol está transitando pelo signo de Leão devemos buscar o que existe de autêntico em nós, aquilo que naturalmente nos traz vitalidade e alegria de viver. É um período onde a luz da consciência brilha com mais força e podemos ter mais clareza dos nossos propósitos, de dons adormecidos. Momento de resgatar aquilo que nos dá prazer... Observe qual o setor do seu mapa que será iluminado pelo Sol em Leão e invista nessa área durante esse período!

67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo